Recebam as novidades directamente no vosso e-mail!

| Review | Quiet Girl in a Noisy World de Debbie Tung

Sinopse: Sweet, funny, and quietly poignant, Debbie Tung’s comics reveal the ups and downs of coming of age as an introvert.
This illustrated gift book of short comics illuminates author Debbie Tung's experience as an introvert in an extrovert’s world. Presented in a loose narrative style that can be read front to back or dipped into at one’s leisure, the book spans three years of Debbie's life, from the end of college to the present day. In these early years of adulthood, Debbie slowly but finally discovers there is a name for her lifelong need to be alone: she’s an introvert.
The first half of the book traces Debbie’s final year in college: socializing with peers, dating, falling in love (with an extrovert!), moving in, getting married, meeting new people, and simply trying to fit in. The second half looks at her life after graduation: finding a job, learning to live with her new husband, trying to understand social obligations when it comes to the in-laws, and navigating office life. Ultimately, Quiet Girl sends a positive, pro-introvert message: our heroine learns to embrace her introversion and finds ways to thrive in the world while fulfilling her need for quiet.


Opinião: Quiet Girl in a Noisy World é o retrato da vida de uma introvertida num mundo de extrovertidos através de pequenas comics ilustradas pela a autora Debbie Tung. A autora usa o seu talento para contar experiências da sua própria vida e para colocar em papel os pensamentos, para outros dramáticos, para outros habituais, que lhe assolam a mente após um conjunto de interações sociais não desejadas. Quiet Girl in a Noisy World decorre no espaço de três anos e retrata a descoberta da autora e a sua aceitação para a sua forma de pensar e de estar perante os outros: ela é uma introvertida.

(Ler Mais)

O mais divertido do Quiet Girl in a Noisy World foi ver quantas das situações em que a autora se colocava eu já experimentei em primeira mão e o quanto me relacionava com a protagonista. Quando isso acontece, temos uma visão diferente da nossa vida, quase como se a víssemos através dos olhos de outras pessoas.  E isso foi algo que me surpreendeu porque não me considero - de todo - uma pessoa introvertida. 
Quiet Girl in a Noisy World foi uma lufada de ar fresco e foi uma das minhas primeiras experiências com comics. A autora/protagonista acaba por ter uma mensagem positiva quando aceita a sua forma de ser e de pensar e a sua necessidade de não estar constantemente rodeada de pessoas e de vozes e quando passa a viver a vida de acordo com as suas necessidades. Foi interessante ver a forma como a protagonista saiu de uma forma de pensar que seguia a linha do "fazer o que os outros fazem" para uma forma de agir em que o "não" ao que a fazia sentir desconfortável lhe era natural.
É um daqueles livros que nos faz sentir aceites e compreendidos e com o qual é extremamente fácil de relacionar e que explica muito do que se passa na cabeça dos introvertidos por esse mundo fora.
Quiet Girl in a Noisy World foi-me cedido através de uma forma de ARC (review copy) através do Netgalley em troca de uma opinião honesta. A data de publicação é de 30 de Novembro de 2017. 

I feel like i'm always searching for a deeper meaning in everything i do. (...) And I'll spend the rest of my life searching for something that isn't there.



4 comentários

  1. Olá! :-D
    É impressionante como só o título desse livro já me faz querer lê-lo.
    E a tua opinião é a cereja no topo do bolo. ;-)
    Muito curiosa para ler esse livro.
    Beijinhos e tudo de bom.
    Boas leituras!

    ResponderExcluir
  2. Olá! :-D
    É impressionante como só o título desse livro já me faz querer lê-lo.
    E a tua opinião é a cereja no topo do bolo. ;-)
    Muito curiosa para ler esse livro.
    Beijinhos e tudo de bom.
    Boas leituras!

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo comentário!
Eu respondo a todas as mensagens deixadas, pelo que se queres ter a certeza de ver a resposta, não te esqueças de deixar colocada a opção de "notificações".
Boas leituras!