Sinopse: Lily tem 25 anos. Acaba de se mudar para Boston, pronta para começar uma nova vida e encontrar finalmente a felicidade. No terraço de um edifício, onde se refugia para pensar, conhece o homem dos seus sonhos: Ryle. Um neuro-cirurgião. Bonito. Inteligente. Perfeito. Todas as peças começam a encaixar-se. 
Mas Ryle tem um segredo. Um passado que não conta a ninguém, nem mesmo a Lily. Existe dentro dele um turbilhão que faz Lily recordar-se do seu pai e das coisas que este fazia à sua mãe, mascaradas de amor, e sucedidas por pedidos de desculpa. 
Será Lily capaz de perceber os sinais antes que seja demasiado tarde? Terá força para interromper o ciclo?

Opinião: Isto Acaba Aqui ou It End With Us, na versão original é o livro do momento, uma - na minha opinião - das melhores apostas da Topseller. A autora, Colleen Hoover não é uma novata no que toca a brincar com as emoções do leitor e fá-lo como uma campeã com Isto Acaba Aqui. O meu principal conselho para aqueles que ainda não tiveram oportunidade de o ler é: vão às cegas. Não procurem por opiniões. Esta opinião em si, será vaga, apenas uma pequena amostra do que quero dizer. A própria sinopse do livro é, por si só, um spoiler, pelo que peguem apenas num dos muitos volumes que há por aí e leiam até os olhos começarem a doer.

(Continua)

O primeiro livro que li da autora, 9 de Novembro, deixou uma marca profunda no meu coração mas, Isto Acaba Aqui, abriu uma cratera. Algo semelhante entre 9 de Novembro e Isto Acaba Aqui é a escrita, extremamente introspectiva, fácil de ler que nos transporta directamente para a cabeça da protagonista, seja o seu "eu" presente, ou o seu "eu" passado. A facilidade com que a autora parece dar a conhecer a história de Lily aos leitores é invejável, embora apenas possa calcular o quão emocionalmente desgastante possa ter sido a criação deste volume. Neste momento, posso afirmar que Isto Acaba Aqui é, sem dúvida, um dos meus livros contemporâneos preferidos.
Isto Acaba Aqui lida com emoções fortes que vão testar até à última página toda e qualquer crença que o leitor possa ter de antemão. Na verdade, abre ao leitor, uma janela, deixa-o espreitar para dentro de uma realidade que ele pode - rezo - não conhecer e deixa-o viver, ainda que apenas à distância, uma verdade que não compreende e que possivelmente, julga.
É fácil falar. Foi uma das muitas coisas que  depreendi com Isto Acaba Aqui. É fácil questionarmos-nos sobre os motivos de outra pessoa sem sabermos os factores envolventes, sem conhecermos cada uma das partes e, foi um dos aspectos mais difíceis para mim. Eu estava envolvida na leitura, apesar de ir reticente por saber de antemão o conceito do livro mas, ainda assim, dei por mim a apaixonar-me não só pela protagonista mas, pelas pessoas envolventes, alguns dos quais, não queria, de todo, gostar.
Foi a primeira vez, em muito tempo, onde o aproximar do fim do livro me deixou nervosa, sem saber realmente o que esperar. Fiquei de coração nas mãos e, embora tenha gostado imenso, principalmente das reminiscências a um passado longínquo, ainda não consigo, não completamente, desprender-me do final, demasiado em aberto a uma nova revelação, a uma nova exposição, mas agora com consequências mais desastrosas.
Dei por mim a rir, a ficar emocionada, nervosa e furiosa. Não me levou às lágrimas, provavelmente por saber do que se tratava e ir preparada mas, quase. Lily é uma protagonista com quem é fácil de criar uma conecção e ainda mais fácil de querermos o seu melhor. Não sei realmente como é que a autora se vai suplantar. Não vejo, sequer, como é que tal será possível. Isto Acaba Aqui possui um dos diálogos internos mais comoventes de que tenho memória, algumas passagens são capazes de colocar uma pessoa de joelhos com a potência da sua emoção, algumas frases vão, com certeza, comigo para a cova. Isto Acaba Aqui foi uma autêntica montanha-russa de emoções e, provavelmente, um dos melhores livros do ano. Colleen Hoover conquistou-me com 9 de Novembro mas arrebatou-me o coração com Isto Acaba Aqui.

There is no such thing as bad people. We're all just people who sometimes do bad things. 




Deixe um comentário

Tens uma opinião? 3,2,1 GO