Blogs Portugal

Siga por Email

Sinopse: Na deslumbrante conclusão da série Caçadores de Sombras, Clary e os amigos enfrentam a mais terrível expressão do mal que alguma vez tiveram de combater: o irmão de Clary. 
Sebastian Morgenstern está ao ataque e volta Caçador de Sombras contra Caçador de Sombras. Com a ajuda da Taça Infernal, transforma Nefelins em criaturas saídas de um pesadelo, separando famílias e amantes enquanto engrossa as fileiras dos seus Ensombrados. 
Acossados, os Caçadores de Sombras refugiam-se em Ídris... mas nem os poderes demoníacos de Alicante conseguem manter Sebastian à distância. E com os Nefelins encurralados em Idris quem protegerá o mundo contra os demónios?
Quando é desmascarada uma das maiores traições de toda a história dos Caçadores de Sombras, Clary, Jace, Isabelle, Simon e Alec são obrigados a fugir - ainda que a sua viagem os leve até ao coração dos reinos demoníacos, onde nunca nenhum Caçador de Sombras fora e de onde nenhum ser humano alguma vez regressara. 

Book Trailer:





Opinião: A Cidade do Fogo Celestial conclui a série Os Instrumentos Mortais de Cassandra Clare e, logo no prólogo, somos imediatamente apresentados às personagens e protagonistas da próxima série da autora no Mundo das Sombras, nomeadamente a série The Dark Artifices, sendo o primeiro livro Lady Midnight. Foi uma jogada extremamente inteligente porque, apesar de já conhecermos alguns dos personagens como Helen Blackthorn e Aline Penhallow, não sabíamos nada sobre a nova protagonista Emma Carstairs e, imediatamente cria-se uma ligação entre leitor-personagem ainda antes da publicação do próprio livro. 
Uma das coisas que percebi é que para sentir na plenitide todas as emoções de A Cidade do Fogo Celestial, é preciso ler em primeiro lugar As Origens, com principal destaque para A Princesa Mecânica porque, confesso, os capítulos mais emocionantes, as frases mais tocantes eram relativas a reminiscências do passado, a frases que mencionavam, ainda que de forma incógnita, personagens que já morreram, que não existem neste tempo e que enquanto leitor, nos afeiçoámos a elas e, dei por mim a sentir muito mais quando essa relação era exposta por personagens como Magnus ou o Irmão Zachariah. 
«Lembra-te de Tessa. Não aprendes-te nada com ela? A respeito do que os amores valem e da dor de os perder?»
«Um espírito que jurou proteger o lugar. Está lá há cento e trinta anos»
«Uma vez mais um Herondale é o veículo da minha libertação»
«Os Herondale. Já quase tinha esquecido. Nenhuma outra família faz tanto por amor, ou sente tanta culpa por isso».
«O meu parabatai amava como poucos sabem amar, com tudo o que era e tudo o que tinha.»
As ligações entre os acontecimentos passados, as relações entre as famílias são mais importantes do que nunca em A Cidade do Fogo Celestial, sobretudo pelas personagens imortais e são essas pequenas coisas que tornam o livro especial. 
Cassandra Clare referiu que seis personagens que conhecemos pelo nome iriam morrer e, embora não entre em detalhe, posso dizer que uma delas foi demasiado insípida para o meu gosto, rapidamente ultrapassada e esquecida e, embora o desenrolar da história se faça a um bom ritmo, continuo a achar que Sebastian não é o antagonista ideal e continuo a preferir Valentine. Há algumas coisas de que não fui propriamente fã, em especial o clímax. Embora aprecie toda a situação do beijo de Judas pela própria representação, mas achei quase fácil e não fui igualmente fã da questão do aparecimento do "outro".
No entanto,  a partir daí é quando o livro fica realmente emocionante, onde há a perda, onde há o ganho, onde há vida, onde há a morte, onde há o confronto de gerações, onde o passado e o presente se encontram
É um livro especial, dá alguma conclusão, mas não toda. Não há realmente um final e há muitas questões que ficam em aberto e que acabam por dar espaço para os Tales from the ShadowHunter Academy e para Lady Midnight porque, a partir daqui, percebemos exactamente com quem vai ser a próxima guerra, quem vão ser os antagonistas e, embora a autora seja dada a surpresas, percebemos, pelo menos, isso. 






Outros títulos das Crónicas dos Caçadores de Sombra por Cassandra Clare
*A Cidade dos Ossos - adaptação cinematográfica: aquiadaptação televisiva aqui


*Lord of Shadowns (sem data de publicação)
*Queen of Air and Darkness (sem data de publicação)

*Chain of Thorns (sem data de publicação)
*Chain of Gold (sem data de publicação)
*Chain of Iron (sem data de publicação)

*The Wicked Power #1 (sem data de publicação)
*The Wicked Power #2 (sem data de publicação)
*The Wicked Power #3 (sem data de publicação)

*Tales from the ShadowHunter Academy (publicado em short-stories - por enquanto)
*The Shadowhunter Códex

Outros livros da autora
*A Manopla de Cobre
*Magisterium #3
*Magisterium #4
*Magisterium #5


Por Raquel Pereira.

Deixe um comentário

Tens uma opinião? 3,2,1 GO