Sinopse: Thomas atravessou o Labirinto; sobreviveu à Terra Queimada. A CRUEL roubou-lhe a vida, as memórias e até mesmo os amigos. Mas agora as Experiências acabaram e a CRUEL planeia devolver as memórias aos sobreviventes e completar assim a cura para o Fulgor. Só que Thomas recuperou ao longo do tempo muito mais memórias do que os membros da CRUEL julgam - o suficiente para saber que não pode confiar numa única palavra do que dizem. As mentiras acabaram, mas a verdade poderá revelar-se muito mais perigosa do que Thomas alguma vez imaginou. Conseguirá ele sobreviver à cura?




Book Trailer: 

OpiniãoDepois de Maze Runner: Correr ou Morrer (podem ler a minha opinião aqui) e de Maze Runner: As Provas de Fogo (podem ler a minha opinião aqui), chega o fim da história de Thomas com Maze Runner: A Cura Mortal. Para muitos, um livro há muito desejado, para outros, apenas mais um livro numa busca interminável por respostas. Eu situo-me algures no meio, no entanto, mais inclinada para a procura de respostas.
Acho que um dos maiores problemas com Maze Runner foi a sua complexidade. Não que não goste de livros complexos, pelo contrário, mas talvez por o primeiro livro ter sido pobre em termos de explicações ou por o segundo livro não ter esclarecido as minhas dúvidas de forma satisfatória, a minha opinião relativamente à história de James Dashner não foi a mais positiva.
Sou a primeira a afirmar que, por vezes, a minha opinião oscila, consoante o rumo que a história toma e vejo-me na obrigação de "ver" para lá dos meus gostos pessoais e, em A Cura Mortal, a minha determinação em manter-me limitada à história foi testada inúmeras vezes. Foram vários os momentos em que a minha determinação quase quebrou. Thomas é incoerente nas suas acções e nos seus pensamentos. A repetibilidade que desapareceu em Provas de Fogo regressa em a Cura Mortal, no entanto, perante os acontecimentos em torno do protagonista, as repetições quase, quase que passam despercebidas.
Confesso que, ao contrário dos outros dois volumes, A Cura Mortal prendeu-me imediatamente e, ao contrário do que seria de esperar não pela acção, mas pelas descobertas. A verdade é exposta, ainda que de forma limitada devido às decisões do protagonista e, pela primeira vez, percebi que uma dualidade de pontos de vista, poderia ter melhorado, em muito, a percepção que o leitor tem do mundo. Teresa, Aris e todos os outros, voltam a desaparecer nas primeiras cem páginas, para regressar somente no pico da acção, pelo que teria sido interessante alternar entre o ponto de vista de Thomas e Teresa, uma vez que a última recuperou a totalidade das memórias e, embora seja do conhecimento geral a participação de Thomas nas Experiências, continuamos na ignorância face à quantidade de informação que Thomas podia dar.
O aparecimento do Braço Vermelho e, com ele, de Gally, foi uma surpresa e, por momentos, pensei que iria voltar a ver Chuck, que talvez ele não tivesse morrido e fiquei ligeiramente decepcionada por Thomas nunca mais se ter lembrado da promessa que fez ao rapaz moribundo. No entanto, o momento alto de A Cura Mortal é metaforizado na personagem de Newt. De um ponto de vista externo, percebo. Tinha de haver essa perda para a doença.
Porém, James Dashner decidiu outras coisas. De fora, percebe-se a intenção do autor. É o derradeiro sacrifício , uma forma de mostrar que, independentemente de tudo, houve uma fidelidade. Mas, enquanto leitora, pareceu-me uma forma fácil de Thomas decidir-se num triângulo amoroso quase invisível.
Não posso, de todo, afirmar que foi uma conclusão que me satisfizesse. O mundo foi deixado para morrer e ao acaso. E, apesar dos três volumes e das repetidas explicações, continuo, infelizmente, sem perceber o porquê de ser necessário um Labirinto ou uma corrida pelo deserto na Terra Queimada para adquirir dadas variáveis e padrões. A cura continua a ser um mistério para mim. A CRUEL mantém-se inacessível até um determinado ponto, porque agora, depois de mais de mil páginas percebo finalmente as palavras que Teresa escreveu no braço tantas páginas antes: CRUEL é bom.
Outros títulos da colecção Maze Runner
*Maze Runner: Correr ou Morrer - adaptação cinematográfica: aqui
*Maze Runner: As Provas de Fogo - adaptação cinematográfica: aqui.
*Maze Runner: A Cura Mortal

*Vírus Mortal


Deixe um comentário

Tens uma opinião? 3,2,1 GO